Notícias

Evento realizado no Colégio ALFA debate a interlocução entre pais e filhos adolescentes

13/05/2022

Na última terça-feira (10) ocorreu o 1º encontro da Escola de Pais. O evento foi realizado de forma presencial e recebeu pais e colaboradores para participarem de uma palestra com o tema “Mãe: como melhorar a interlocução com seu filho adolescente”.

A palestra foi ministrada pela consultora de educação da Escola de Inteligência Lohane Feitosa da Costa, que destacou a importância da própria família pensar sobre a sua fase jovem, pois muitos pais julgam os filhos como se não tivessem vivenciado esse período. “Todos nós já fomos adolescentes um dia e nesse 1º encontro levamos aos pais uma reflexão sobre a sua própria adolescência”.

“É um período de descobertas, de buscas por novidades, período social em alto nível, intensidade emocional e exploração criativa. As famílias precisam estar atentas, pois tem o lado positivo, mas também o lado negativo. A impulsividade por exemplo pode ser um perigo, para os valores que os pais desejam para os filhos”, completou Lohane.

A coordenadora pedagógica do Colégio ALFA, Itla Almeida, conta que a Escola de Pais foi criada com o intuito de cessar as dores que a própria coordenadora sentia dentro das famílias, para trazer um diálogo melhor entre os familiares com os adolescentes. “Serão 4 eventos anuais da Escola de Pais, todos os temas trabalhados durante os encontros serão exclusivamente para ajudar pais, família e sociedade na intervenção com os adolescentes. ”

O diretor do Colégio ALFA, Carlos Eduardo Trindade, que também esteve presente no evento, pontuou a palestra como uma forma amigável e descontraída de juntar pais, professores e colaboradores da instituição. “A Escola de Pais salienta melhorar a educação, debater, criar ideias e entender o que se passa melhor no coração e cabeça desses jovens. ”

Rivia Aparecida de Oliveira, mãe de um aluno do Colégio ALFA, diz que foi muito gratificante ver uma forma de conversar com os filhos adolescentes. “Foi maravilhoso conhecer outras formas, mais objetiva e mais clara para entender melhor o que se passa na cabeça deles. Quero participar de mais palestras da Escola de Pais”, finaliza Rivia.